terça-feira, 18 de novembro de 2008

N

Nada
nunca
ninguém
nesta vida;
naquela outra
não.

Sem comentários: